7 de Novembro de 2023 | Sociedade & Politica | Visualizações (835) | 2 minutos de leitura

Cezimbra Antíqua

Ciclo de Música Medieval Cezimbra Antíqua

As origens do Castelo de Sesimbra remontam ao século IX, período da ocupação muçulmana do território.

Em 1165 é conquistado por D. Afonso Henriques, e em 1191 é perdido para os Almóadas. A sua reconquista definitiva dá-se com D. Sancho I, em 1199, monarca que atribui o primeiro foral à vila de Sesimbra, então sediada no interior do Castelo, e onde se manteve até inícios do XVI.

Para valorizar o último dos castelos portugueses sobre o mar a manter a traça medieval e um dos monumentos mais importantes do concelho, o Ciclo de Música Cezimbra Antiqua regressa ao período medieval.

O programa apresenta seis espetáculos dedicados às músicas medievais das três religiões do livro - Cristianismo, Judaísmo e Islamismo.

Destaque para o último fim de semana, onde o público é convidado a viajar pelo sacro e o profano e pelos cantos sobre a peregrinação a Santiago.

A não perder, aos sábados e domingos, às 16 horas, na Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo.

A entrada é livre.
 

Dia 11 | sáb | 16h
Música de Raiz Celta para Harpa e Flauta
Duo Sibyllæ

Joana Amorim, traverso e flauta
Rebeca Csalog, harpa
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

Dia 12 | dom | 16h
Música Medieval e Renascentista
Gaudium Vocis
Rui Soares, harpa, órgão portativo, voz e percussões
José Machado, tambor de cordas, voz e percussões
Fabiana Magalhães, flauta, voz e percussões
Pedro Martins, alaúde medieval, saz e percussões
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

Dia 18 | sáb | 16h
Música Medieval e Renascentista
Ensemble Diferençias

Sara Ponte, flautas
Susana Moody, contralto, viola da gamba e percussões
Nuno Vasconcelos, vihuela
Filipe Simões, percussões
Gonçalo do Carmo, gaita-de-foles, flautas e percussões
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

Dia 19 | dom | 16h
Música Árabe Medieval
Carmin’Antiqua
Sara Afonso, soprano
Susana Moody, contralto, viola da gamba e percussões
Eduardo Ramos, oud e canto árabe
Luís Almeida, tenor
Gonçalo do Carmo, gaita-de-foles, flautas percussões
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

Dia 25 | sáb | 16h
Coelestis Harmonia: uma Viagem entre o Sacro e o Profano nos Séculos XII e XIII
Azzizi Ensemble
Orlanda Velez Isidro, voz
Pieter Affourtit, fídula
Tiago Manuel Soares, percussão
António Carrilho, flautas e direção
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

Dia 26 | dom | 16h
Ay, Santiago: Cantos Medievais sobre a Peregrinação a Santiago
Ensemble Resonet
Mercedes Hernández, soprano
Paulo González, frautas, sanfona, gaita de foles
Carlos Castro, percussão e saltério
Fernando Reyes, cítolas e direção
Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo