23 de Junho de 2022 | Sociedade & Politica | Visualizações (912) | 2 minutos de leitura

Carris Metropolitana avança em Almada Seixal e Sesimbra

No próximo dia 1 de julho, sexta-feira, a carris metropolitana começa a circular na Área 3, que corresponde a Almada, Seixal e Sesimbra.

No próximo dia 1 de julho, sexta-feira, a carris metropolitana começa a circular na Área 3, que corresponde a Almada, Seixal e Sesimbra.

Haverá mais frequências, mais horários, linhas novas e uma frota de autocarros completamente renovada.

No período de verão, estarão em funcionamento 111 linhas, mais 23 que as 88 atuais, o que representa um aumento de veículos por quilómetro de 21 por cento nos dias úteis, 29 por cento aos sábados e 16 por cento ao domingo.

Nesta fase, circularão 339 viaturas, das quais 236 integralmente novas, diminuindo-se de forma muito significativa a idade da frota hoje em serviço.
Entram também em funcionamento já no próximo dia 26 de junho os cinco Espaços Navegante Carris Metropolitana, lojas de apoio ao cliente, totalmente renovadas, e onde se podem efetuar operações de carregamento de títulos, pedidos de passes e outras operações relevantes.

No caso do concelho de Sesimbra, o Espaço Navegante já se encontra instalado no Terminal Rodoviário, na Vila de Sesimbra.

A Câmara Municipal de Sesimbra tem acompanhado de perto o desenvolvimento do processo, incluindo as dificuldades inerentes a uma operação desta dimensão, diretamente com o operador, TML/Carris Metropolitana e com o prestador do serviço para a Área 3, a empresa Transportes Sul do Tejo.

A Área 3, de que faz parte Sesimbra arranca assim com um aumento de cerca de 20 por cento da oferta em relação ao existente, o que é significativo, e com um aumento gradual das linhas (particularmente as novas) no primeiro dia de cada mês, até 1 de janeiro, onde atingirá a totalidade do contratualizado.

De referir que as linhas e frequências para o transporte escolar estão asseguradas, neste sentido.

Este aumento gradual foi aferido entre todas as partes, de forma responsável e cautelosa, para não haver riscos de incumprimento de linhas e frequências, com impacto na vida dos utentes.

Desta forma, é também reforçado o empenhamento e sentido de responsabilidade que tanto o município de Sesimbra como a TML/Carris Metropolitana e a Transportes Sul do Tejo têm tido na condução desta revolução do Transporte Público Rodoviário, que se iniciou com a redução significativa do preço dos passes, e se seguirá nesta nova operação, com mais linhas, mais frequências, melhor qualidade do serviço e com um impacto ambientalmente mais sustentável para a região, e que se reveste num investimento municipal de 10 milhões de euros em 10 anos.

( noticia _ CMS)

Saiba mais em:
www.carrismetropolitana.pt 
www.tmlmobilidade.pt