A Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo acolheu, na tarde do segundo domingo de janeiro, o Concerto de Ano Novo e a entrega de prémios do Concurso _ Presépios de Natal em Latas de Conserva.


Antes da atuação do Coro Juvenil do Instituto Gregoriano de Lisboa, momento que encerrou as comemorações da época natalícia, foram entregues pela presidente da Junta de Freguesia, Maria Manuel Gomes, os prémios do passatempo.


“Tivemos 39 presépios, entre trabalhos feitos por gente da freguesia mas também muitos de instituições e escolas. Agradeço muito a todos pela participação e a escolha, garanto, que não foi fácil”, começou por dizer a autarca lembrando que a composição do júri; “Fomos três a analisar os presépios. Eu, a professora de Artes Visuais, Manuela Marques, e o artista plástico sesimbrense, João Cruz. Todos os presépios mostraram a criatividade e a imaginação dos participantes e por isso achámos por bem e porque não podia ser de outra forma incluir também umas menções honrosas, uma vez que havia realmente trabalhos muito interessantes”.


A Cercizimbra, na Unidade de Redes Residenciais, foi a grande vencedora ao apresentar um presépio feito a partir de elementos da natureza, tais como pequenos troncos, ervas e barro. “Estas iniciativas são muito importantes para toda a comunidade e, em particular, para os nossos jovens, que já criam muitas peças deste tipo. A nossa intenção ao participar foi a de dar a conhecer o trabalho que é desenvolvido nos nossos centros e estamos todos muito felizes por vermos que o júri gostou do nosso presépio”, disse Glória Luz, monitora do CAO – Centro de Atividades Ocupacionais, que com o jovem Sérgio Abreu receberam a distinção. “A ideia deste presépio foi do Sérgio ele é que escolheu os materiais a usar. São todos muito criativos e participar nestas ações é sempre uma alegria para todos nós”.
O segundo lugar foi entregue a Simão Caldeira da Escola Básica do Zambujal e o terceiro a Maria Lucinda Maravilhas.
Os vencedores receberam um pequeno troféu e um cheque brinde para compras em papelarias/livrarias sediadas na freguesia do Castelo.
Foram ainda entregues cinco Menções Honrosas - ao CAO da Cercizimbra, a Isabel Gago, Andreia Gonçalves e Maria Vasques e a Maria Lucinda Maravilhas, estas duas últimas avó e neta.


Seguiu-se a atuação do Coro Juvenil do Instituto Gregoriano de Lisboa, com ca participação de cerca de 30 elementos, que interpretaram várias composições nacionais e estrangeiras, sob orientação da mentora Filipa Palhares e acompanhamento ao piano por Pedro Ferro, perante uma igreja praticamente cheia.


O Concerto de Ano Novo fechou assim o programa natalício da Junta de Freguesia do Castelo, que durante cerca de dois meses ofereceu à comunidade um conjunto de atividades, para toda a família, que passaram pela música, teatro, workshops e muitos momentos de animação para todos.