A Assembleia de Freguesia do Castelo reuniu pela última vez em 17 de dezembro de 2019 para a aprovação dos Documentos Previsionais para 2020.

Depois da apreciação da atividade da Junta e de conhecido o Estatuto de Direito da Oposição seguiu-se a análise e votação do Orçamento, das Grandes Opções do Plano e do Mapa de Pessoal para 2020.

A Assembleia de Freguesia votou favoravelmente o Orçamento, as Grandes Opções do Plano e o Mapa do Pessoal para 2020, três instrumentos fundamentais para gestão do novo ano económico, e que tiveram em conta a realidade e o contexto económico local.

No arranque da sessão, a presidente da Junta de Freguesia, Maria Manuel Gomes, lembrou que “todas as decisões e objetivos estratégicos seguem uma linha de pensamento porque este é um território de pessoas e para as pessoas”. Por áreas, a autarca realçou o trabalho que têm sido desenvolvido e o que ainda está por realizar.

“Sabemos que há áreas fundamentais, estruturantes mas acreditamos que deve haver também espaço para as dinâmicas sociais para que as pessoas saiam de casa, em particular a nossa população sénior, e se envolvam na sua comunidade, nesta que é a sua freguesia. As nossas preocupações vão desde do tapar o buraco na rua até à festa na aldeia. No fundo, queremos contribuir para que as condições de vida dos nossos fregueses sejam as melhores e ninguém é esquecido”. Referência ao investimento feito em termos de recursos da freguesia, onde se inclui o melhoramento de instalações e de espaços para os funcionários da Junta, que permitem a satisfação de quem trabalha e o aumento do nível de satisfação da população relativamente à qualidade dos serviços prestados, e o reforço do quadro de pessoal, que visa a nível da contabilidade uma maior simplificação, flexibilidade e modernização dos procedimentos. “Com tudo isto vamos conseguir proceder, também, em 2020, à Certificação da Qualidade da Junta de Freguesia do Castelo”, acrescentou.

Assim as medidas consagradas nos documentos previsionais têm várias prioridades como potenciar a atratividade de investimentos na freguesia e dinamizar a economia local, preservar as paisagens, promover a sustentabilidade ambiental, reforçar os serviços de proximidade, nomeadamente ao nível da limpeza e higiene urbana e manutenção do espaço público, valorizar a cultura e tradições e a identidade local, e continuar a apostar na dinamização de atividades para crianças, jovens e seniores.

“No fundo queremos dar continuidade a ações programadas, algumas já em execução, e de enorme relevo para a comunidade porque somos uma freguesia cada vez mais multicultural e é fundamental dar respostas rápidas às necessidades dos que cá vivem”, acrescentou a presidente da Junta.

O Orçamento e as Grandes Opções do Plano para o ano de 2020, tiveram os votos favoráveis das bancadas da CDU, MSU e do PSD/CDSPP e a abstenção da bancada do PS. Já o Mapa de Pessoal foi votado por unanimidade.

O Orçamento da Junta de Freguesia do Castelo com um valor global na ordem dos setecentos e cinquenta mil euros, distribuídos pelas diversas rubricas de Investimento, contempla uma série de investimentos nas diversas áreas que este executivo considera prioritárias:

» Associativismo | Desporto | Juventude

» Educação | Formação | Ensino

» Cultura | Turismo | Animação

» Ação Social | Solidariedade | Saúde

» Ambiente | Espaços Públicos e Espaços Verdes | Delegação de Competências

» Atividades Económicas

» Trânsito | Sinalização| Segurança | Proteção Civil

» Instalações| Património | Administração Geral

» Comunicação e Informação

Esta sessão ficou marcada ainda por alguns documentos políticos apresentados no PAOD, nomeadamente uma MOÇÃO, aprovada por unanimidade intitulada_ Pela exigência do encerramento do aterro ilegal no Zambujal / Sesimbra, proveniente da bancada da CDU e uma RECOMENDAÇÃO_ Pela Construção da Variante ao Porto de Sesimbra, da bancada do PS, também aprovada por unanimidade.

A par destes documentos, a Assembleia aprovou igualmente duas recomendações, tendentes, à requalificação de arruamentos na freguesia do Castelo e um Voto de Saudação pelo Mundo Rural.

“Este orçamento visa responder às necessidades da população e garantir projetos ao desenvolvimento social e económico da nossa freguesia. A sua execução conta com o empenho e a participação de todos, por isso agradeço os vossos contributos e sugestões e todo o trabalho que tem sido desenvolvido porque só em equipa podemos alcançar metas”, finalizou a presidente da Junta, desejando a todos “um excelente 2020 e muita força e energia no novo ano para que juntos possamos continuar a trabalhar com e para as pessoas, que é esse o nosso lema.”.

A Assembleia de Freguesia voltará a reunir em Abril de 2020, e até lá foram extensivos por parte de todas as bancadas os Votos de um excelente ano para o trabalho a desenvolver em prol da Freguesia do Castelo.